Tag Archives: Eco Escolas

Hastear da bandeira ECO-ESCOLAS

Orgulhosamente hasteamos, num dia de chuva, a nossa Bandeira Eco- Escolas! Depois de um ano letivo de trabalho, aqui está a nossa recompensa! Neste dia, fizemos também os nossos compromissos para este ano letivo. O nosso trabalho vai continuar!

A comunidade Educativa da EB de S. Miguel do Milharado

Somos Eco-Agrupamento!

O AEVP recebeu hoje o certificado de Eco-Agrupamento como resultado do trabalho em todos os estabelecimentos do nosso agrupamento no âmbito do programa Eco-Escolas.

Global Action Days – JIBC

Jardim de Infância do Milharado, “A concretizar a Rota pela Floresta”

Objetivo
• Promover uma mobilidade sustentável
• Intervir na comunidade local identificando problemas e propondo soluções
• Pôr em contato as Eco-Escolas do mesmo concelho
• Envolver os municípios na articulação da rede Eco-Escolas do seu concelho
• Divulgar o trabalho das Eco-Escolas e dos municípios na rede internacional
Número de participantes
100
Descrição
O Jardim de Infância do Milharado no Global Action Days promoveu o projeto Rota pela Floresta relembraram-se os compromissos realizados, os testemunhos e a passagem dos mesmos aos colegas.
Realizaram-se eco pontos que permanecem no átrio do estabelecimento de ensino, plantaram-se alfaces na Horta-Bio, colheram-se espinafres que cada criança levou para casa e realizou-se um cartaz coletivo alusivo ao Dia da Terra.

Avaliação/impacto
As atividades tiveram impacto na comunidade educativa porque envolveram vários parceiros, tendo todos dado o contributo para que a concretização das mesmas fosse uma mais valia nas aprendizagens ambientais dos intervenientes.

Jardim de Infância Beatriz Costa, “Da Rota pela Floresta à Horta Bio”
Objetivo
• Promover uma mobilidade sustentável
• Intervir na comunidade local identificando problemas e propondo soluções
• Pôr em contato as Eco-Escolas do mesmo concelho
• Envolver os municípios na articulação da rede Eco-Escolas do seu concelho
• Divulgar o trabalho das Eco-Escolas e dos municípios na rede internacional
• Concretizar os Global Action Days (dias Internacionais das Eco-Escola)
Número de participantes
120
Descrição
No Global Action Days o Jardim de Infância Beatriz Costa promoveu o Projeto Rota pela Floresta relembrando à comunidade escolar os compromissos registados no pergaminho, construiu-se o carrinho da musica e instrumentos musicais com materiais de desperdício e concretizaram-se ações na Horta-Bio na comemoração do Dia da Terra.
Avaliação/impacto
Todas as ações realizadas no ambito do Global Action Days tiveram impacto na comunidade porque todos participaram ativamente na concretização das mesmas.

Global Action Days – JIVP

Jardim de Infância Venda do Pinheiro, “Vamos cuidar da nossa grande casa – O Planeta Terra”
Objetivo
• Melhoria do ambiente na escola, em casa e na região
• Expressar uma declaração de objetivos, traduzidos por ações concretas, que todos os membros da comunidade deverão seguir, constituindo assim o código de conduta ambiental da escola
• Facilitar a comunicação e divulgação dos princípios que a Eco-escola se compromete a respeitar.
Número de participantes
150
Descrição
No âmbito do Global Action Days o Jardim de Infância da Venda do Pinheiro promoveu ações para a compreensão e consciencialização da concretização do Eco-Poster.
Faseadamente recolheu-se açucar para as abelhas, realizou-se com materiais de desperdício um poster alusivo ao ambiente, promoveu-se o projeto Rota pela Floresta e realizaram-se açoes de limpeza nos espaços exteriores do estabelecimento de ensino.
Avaliação/impacto
As ações tiveram impacto porque envolveram toda a comunidade educativa.

Jardim de Infância do Milharado, “A concretizar a Rota pela Floresta”

Objetivo
• Promover uma mobilidade sustentável
• Intervir na comunidade local identificando problemas e propondo soluções
• Pôr em contato as Eco-Escolas do mesmo concelho
• Envolver os municípios na articulação da rede Eco-Escolas do seu concelho
• Divulgar o trabalho das Eco-Escolas e dos municípios na rede internacional
Número de participantes
100
Descrição
O Jardim de Infância do Milharado no Global Action Days promoveu o projeto Rota pela Floresta relembraram-se os compromissos realizados, os testemunhos e a passagem dos mesmos aos colegas.
Realizaram-se eco pontos que permanecem no átrio do estabelecimento de ensino, plantaram-se alfaces na Horta-Bio, colheram-se espinafres que cada criança levou para casa e realizou-se um cartaz coletivo alusivo ao Dia da Terra.

Avaliação/impacto
As atividades tiveram impacto na comunidade educativa porque envolveram vários parceiros, tendo todos dado o contributo para que a concretização das mesmas fosse uma mais valia nas aprendizagens ambientais dos intervenientes.

Jardim de Infância Beatriz Costa, “Da Rota pela Floresta à Horta Bio”
Objetivo
• Promover uma mobilidade sustentável
• Intervir na comunidade local identificando problemas e propondo soluções
• Pôr em contato as Eco-Escolas do mesmo concelho
• Envolver os municípios na articulação da rede Eco-Escolas do seu concelho
• Divulgar o trabalho das Eco-Escolas e dos municípios na rede internacional
• Concretizar os Global Action Days (dias Internacionais das Eco-Escola)
Número de participantes
120
Descrição
No Global Action Days o Jardim de Infância Beatriz Costa promoveu o Projeto Rota pela Floresta relembrando à comunidade escolar os compromissos registados no pergaminho, construiu-se o carrinho da musica e instrumentos musicais com materiais de desperdício e concretizaram-se ações na Horta-Bio na comemoração do Dia da Terra.
Avaliação/impacto
Todas as ações realizadas no ambito do Global Action Days tiveram impacto na comunidade porque todos participaram ativamente na concretização das mesmas.

Global Action Days nos Jardins de Infância

Jardim de Infância Venda do Pinheiro, “Vamos cuidar da nossa grande casa – O Planeta Terra”
Objetivo
• Melhoria do ambiente na escola, em casa e na região
• Expressar uma declaração de objetivos, traduzidos por ações concretas, que todos os membros da comunidade deverão seguir, constituindo assim o código de conduta ambiental da escola
• Facilitar a comunicação e divulgação dos princípios que a Eco-escola se compromete a respeitar.
Número de participantes
150
Descrição
No âmbito do Global Action Days o Jardim de Infância da Venda do Pinheiro promoveu ações para a compreensão e consciencialização da concretização do Eco-Poster.
Faseadamente recolheu-se açucar para as abelhas, realizou-se com materiais de desperdício um poster alusivo ao ambiente, promoveu-se o projeto Rota pela Floresta e realizaram-se açoes de limpeza nos espaços exteriores do estabelecimento de ensino.
Avaliação/impacto
As ações tiveram impacto porque envolveram toda a comunidade educativa.

Jardim de Infância do Milharado, “A concretizar a Rota pela Floresta”

Objetivo
• Promover uma mobilidade sustentável
• Intervir na comunidade local identificando problemas e propondo soluções
• Pôr em contato as Eco-Escolas do mesmo concelho
• Envolver os municípios na articulação da rede Eco-Escolas do seu concelho
• Divulgar o trabalho das Eco-Escolas e dos municípios na rede internacional
Número de participantes
100
Descrição
O Jardim de Infância do Milharado no Global Action Days promoveu o projeto Rota pela Floresta relembraram-se os compromissos realizados, os testemunhos e a passagem dos mesmos aos colegas.
Realizaram-se eco pontos que permanecem no átrio do estabelecimento de ensino, plantaram-se alfaces na Horta-Bio, colheram-se espinafres que cada criança levou para casa e realizou-se um cartaz coletivo alusivo ao Dia da Terra.

Avaliação/impacto
As atividades tiveram impacto na comunidade educativa porque envolveram vários parceiros, tendo todos dado o contributo para que a concretização das mesmas fosse uma mais valia nas aprendizagens ambientais dos intervenientes.

Jardim de Infância Beatriz Costa, “Da Rota pela Floresta à Horta Bio”
Objetivo
• Promover uma mobilidade sustentável
• Intervir na comunidade local identificando problemas e propondo soluções
• Pôr em contato as Eco-Escolas do mesmo concelho
• Envolver os municípios na articulação da rede Eco-Escolas do seu concelho
• Divulgar o trabalho das Eco-Escolas e dos municípios na rede internacional
• Concretizar os Global Action Days (dias Internacionais das Eco-Escola)
Número de participantes
120
Descrição
No Global Action Days o Jardim de Infância Beatriz Costa promoveu o Projeto Rota pela Floresta relembrando à comunidade escolar os compromissos registados no pergaminho, construiu-se o carrinho da musica e instrumentos musicais com materiais de desperdício e concretizaram-se ações na Horta-Bio na comemoração do Dia da Terra.
Avaliação/impacto
Todas as ações realizadas no ambito do Global Action Days tiveram impacto na comunidade porque todos participaram ativamente na concretização das mesmas.

Bandeiras Verdes para EB n.º1 e EB da Venda do Pinheiro

Este ano as Escolas Básica n.º 1 da Venda do Pinheiro e Básica da Venda do Pinheiro foram galardoadas com a Bandeira Verde Eco-Escolas, distinguindo o trabalho desenvolvido no âmbito deste programa nacional.

Em simultâneo e, respondendo ao Desafio TetraPak, o projeto Tomatolas, desenvolvido por alunos da EB1 da Venda do Pinheiro, foi distinguido com um primeiro prémio nacional. Todos os envolvidos estão de parabéns!

A cerimónia Dia das Bandeiras Verdes decorreu este ano em Mafra. Os galardões recebidos pelo nosso Agrupamento distinguem o trabalho desenvolvido no ano passado pelos alunos e docentes envolvidos nos diversos projetos Eco-Escolas, e reforçam a nossa aposta em ser um Agrupamento Eco-Escolas.

Foto gentilmente cedida pelo Jornal de Mafra

Coastwatch

Nos passados dias 6, 7 e 8 de julho a Escola Básica esteve presente no 27º Seminário Coastwatch dedicado ao tema Turismo sustentável no Litoral. Foi uma oportunidade de conhecer várias atividades e projetos que promovem o desenvolvimento sustentável do litoral em Portugal, nomeadamente o birdwatching e o trabalho desenvolvido junto das escolas pela Câmara Municipal de Ílhavo. Para além desta faceta, foi possível dar a conhecer a participação da escola na atividade de Coastwatch quer através da exposição do cartaz que foi elaborado quer ainda através da apresentação ao público da conferência.

Após a nossa participação neste Seminário fica lançado o desafio para a nossa escola continuar, no próximo ano letivo, a fazer parte da grande comunidade que contribui para a observação do litoral português e europeu.

Prof. Hugo Almeida – Eco-Escolas

Coastwatch

Na passada sexta-feira, dia 32 de março, 56 jovens e 4 adultos procederam ao Coastwatch e limpeza de praia na Ericeira: Praia do Algodio; São Sebastião e Matadouro.

Fez-se o levantamento de vários dados: Contagem e tipologia do lixo marinho; Observação de espécies da flora e fauna marinha; Análises aos pontos de água doce que desaguam nas praias marinha com Kit de Nitratos e TºC das mesmas. Foram ainda recolhidos dezoito sacos de lixo de 100lt de origem diversa: pesca(redes, armadilhas; anzóis; linhas; caixas de esferovite); lixo doméstico(tinteiros,escovas de dentes; óculos; cotonetes; cebolas; velas; canetas; brinquedos; calçado, portas de frigorífico…); lixo hospitalar (seringas; frascos diversos) e materiais de construção. Os detritos que se destacaram foi o plástico e esferovite, que contaminam as nossas praias e causam graves danos à fauna marinha…acabando nos nossos pratos!
Bastam pequenos gestos (frequentes) para atenuarmos as consequências da presença humana e para melhorarmos o nosso futuro. É tão bom estarmos numa praia limpa, com água limpa e seres marinhos vivos. Fazemos o apelo…Se virem lixo nas praias…e se estiver ao vosso alcance…não custa muito apanha-lo. Um pequeno gesto para um bem maior.

Gostaríamos de agradecer aos fotógrafos  Alvaro Fr e Sergio Pedro Tiago pela disponibilidade, paciência, simpatia e belas fotos que ilustraram a nossa iniciativa, que podem ver na galeria Coastwatch. Aviso: Nas praias de São Sebastião e Matadouro o resultado das análises aos nitratos foi positiva. Não existe aviso oficial e, por isso, fazemos o apelo para não usar os pontos de água doce (lavar fatos…molhar o corpo etc…).

Docentes de Ciências e Geografia

Os medicamentos fora de uso também têm remédio!

gluten-in-otc-and-prescription-medicinesO Eco-Escolas e o Programa para Educação e Saúde do Agrupamento, em colaboração com a Farmácia Nogueira, vão promover, ao longo de todo o ano letivo 2016-2017, uma campanha de recolha de medicamentos já não utilizados. Para participar, basta que cada um traga os medicamentos que tem em casa e que já não usa e os entregue ao professor de Ciências Naturais. Ao longo do ano, os medicamentos recolhidos na Escola serão entregues na Farmácia que fará um registo próprio só para a nossa Escola. A turma que maior recolha conseguir terá um prémio no final do ano!

Hastear da Bandeira Eco-Escolas na EB1 da Venda do Pinheiro

convite_hastear_bandeira_pais_alunosNo dia 7 de novembro, Dia Internacional das Eco-Escolas, vamos hastear a Bandeira Verde, galardão que foi atribuído à E.B.1 da Venda do Pinheiro pelo trabalho desenvolvido durante o ano letivo de 2015/2016 em defesa do ambiente.

Gostaríamos de contar com a presença dos Pais e comunidade em geral, apesar de ser uma cerimónia simples.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com